O que representa uma mascote?

Mascote é o nome dado a um animal, pessoa ou objeto animado que é escolhido como representante visual ou identificador de uma marca, uma empresa ou evento. São, normalmente, humanizadas e utilizadas para atingir públicos específicos (o público infantil, o público jovem, entre outros). Reúnem quase sempre as mesmas características marcantes, que passam por sorrisos enormes e proporções exageradas, aspetos que procuram enaltecer uma dada propriedade positiva que cause identificação entre o público e a entidade representada pela mascote. Muitas vezes a mascote não é necessariamente o logotipo de uma marca mas passa a ser conhecida como tal devido ao forte carisma com o público. Portanto, muitas empresas passam a utilizá-la como representante principal em campanhas publicitárias. Como interagem com as pessoas, ajudam simultaneamente na comunicação e divulgação da marca.

As mascotes ajudam a observar a vida de uma maneira diferente. São fenómenos com muita imaginação e normalmente têm uma forte conexão com as expressões e características da entidade ou serviços que representam, seja através da associação a elementos primários da identidade visual da empresa, como o símbolo ou logótipo da marca, ou através das cores institucionais.

O aparecimento de mascotes prende-se com a Revolução Industrial e com o começo das técnicas de impressão e dos anúncios publicitários, no final do século XIX e início do século XX. A partir desse momento, surgiram as mais distintas personagens de marcas impressas em embalagens, projetando a marca no mercado de forma mais atraente. Outro contributo fundamental no desenvolvimento de personagens/mascotes foi o aparecimento e rápida popularidade da televisão, que permitiu incorporar os mais diversos avanços na comunicação comercial. As mascotes surgiam já em movimento, representando a marca de forma muito apelativa junto do consumidor. A novidade que as mascotes implementaram no mercado do consumidor começou por ser um fenómeno bem aceite por todas as faixas etárias, que aderiram fortemente a esta nova estratégia de marketing. No entanto, a sua dimensão essencialmente gráfica e animada fez com que a mascote começasse a ser percecionada como forma de comunicação destinada ao público mais novo.

As mascotes representam a humanização da marca de uma empresa e através da identificação com o público cria um vínculo emocional, o que faz com que os valores e ideias da empresa sejam absorvidos de forma muito mais eficaz.

 

Fonte: Wikipédia

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *