Ficha Técnica - Mastros em Fibra

Mastros em fibra de vidro

Este tipo de mastros contêm 60% de fibra de vidro, no entanto podem ser fabricados com o reforço extra, para satisfazer as necessidades de cada cliente. O mastro em fibra de vidro não se danifica nem enferruja, mesmo em locais junto ao mar, pelo que não necessita qualquer tipo de manutenção.

Os mastros são flexivéis e leves em comparação com os de metais ou de madeira e que, inclusive, se forem torcidos pelo efeito de uma forte tempestade, recuperam sempre a sua posição original recta, a chamada memória plástica.

Os mastros em Fibra de Vidro não são conductores, não sendo necessária ligação terra, facilitando deste modo, a sua instalação e consequentemente reduçãode custos.

Acabamento

Os mastros de Fibra de Vidro são construídos com uma capa superficial de polyester branco que proporciona um aspecto exterior brilhante e resistente ás condições climáticas, dando-lhes uma duração insuperável. Também se podem produzir mastros em qualquer cor RAL que o cliente deseje. São encomendas por um pedido mínimo de 200 unidades.

Fixação ao Solo

São afixados ao solo através de pernos com betão e duas placas na sua base, com um molde dobrável. A sua montagem é facilitada através de parafusos e porcas que se ajustam facilmente à posição vertical da haste.

Corda

Os mastros têm 3 sistemas de içar bandeiras:

-A corda fica presa a uma braçadeira;
-Rotação manual com contrapeso interno;
-Sistema interno de corda, roldana e manivela;

Pináculos

Os mastros de Fibra de Vidro standards, têm um pináculo montado na extremidade, através de um casquilho ou de uma “cabeça” giratória.Pode ter aforma de cogumelo de cor branca ou de outra cor. (mediante a opção escolhida)

Barra de Potência Giratória(braço)

Os mastros de Fibra de vidro, podem ter um sistema de potência giratória, que permite à bandeira manter-se sempre aberta, mesmo quando não há vento, assim, garantindo um melhor efeito publicitário.

Instruções de Montagem

1- Abrir uma vala como explica o pictograma.

2- Praparar os pernos (A) como está indicado no pictograma (1). Prestar especial atenção à porca com a letra (B), pois deve estar localizada exactamente a 70mm da parte superior dos pernos (A).

3- Envolver a vala com betão,cobrindo-a completamente e de seguida introduzir os pernos com a placa base (C) já montados. Depois da placa base estar em contacto com o betão e se assegurar que está bem nivelada usando um “nivelador”. Deve-se assegurar a orientação da placa base, de forma a que não haja nenhum obstáculo na hora de levantar ou baixar o mastro.

4- Quando o betão estiver seco, enroscar as porcas grossas com as anilhas (E) nos pernos (A) de seguida nivelar as três porcas grossas (E). Encaixar a base do mastro (G) com a placa base (C) com o parafuso (D).

5- Quando o mastro estiver em posição horizontal sobre o terreno, colocar os acessórios finais (H) como se vê no pictograma (2), a braçadeira (I) e a corda (J), sistema de corda externa(STD), sistema de corda interna (SDI) ou sistema de barra de potência giratória (SPG).

6- Levantar o mastro, enroscar as três porcas com as anilhas nos pernos na parte superior da base do mastro e pressionar. Para qualquer modificação na nivelação do mastro, utilizar as três porcas na parte inferior do mastro (E).